Sexta-feira, 1 de Janeiro de 2010

Jardim poético (2010)

Neste jardim de ideias poéticas

sempre floresce um improviso

desabrocham as flores cépticas

de colorações que me dão riso

 

Palavras encadeadas, patéticas

com bem pouco senso ou siso

boninas frágeis e esqueléticas

muitas vezes também é preciso

 

Motes sucedem-se em reles tino

num horto de plantas exóticas

quase numa procissão herética

 

São regadas p'lo insano destino

ervas daninhas, frases caóticas

adubadas por uma lira ecléctica

 

 

tags:
publicado por manu às 22:12
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Breizh da Viken a 3 de Janeiro de 2010 às 13:53
Fantática a maneira como escreves!


beijo
De manu a 3 de Janeiro de 2010 às 16:59
Olá Poetamorrente! Fantástica a motivação que os vossos comentários me dão. Beijos

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter