Domingo, 14 de Março de 2010

SOU II*

Em cada poema que faço acrescento mais um elo

Numa corrente que sou eu, assim me apresento

Com cada poema que escrevo ganho novo alento

Sigo a ser o que era, nem mais feio nem mais belo

 

Nos poemas exponho o meu carácter sem medos

Sou mais extrovertido sem deixar de ser genuíno

Posso perder algumas coisas mas não me arruíno

Só por me revelar como sou sem ocultar segredos

 

Nasci no mundo, sou de todos sem ser de ninguém

Aqui me têm de alma nua sem qualquer preconceito

Este sou eu na mais verdadeira das minhas formas

 

Prefiro ser assim real, este é o jeito que me convém

Não quero ser visto ou entendido como ser perfeito

Porque bem vistas as coisas nunca segui as normas

 

* Poema extraído do meu livro AMADOR DO VERSO e citado pela AUSENDA HILÁRIO no seu prefácio.

tags:
publicado por manu às 18:04
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Breizh da Viken a 14 de Março de 2010 às 22:59
És... poeta... fiel a ti próprio!

É sempre um prazer reler-te!


beijo
De manu a 15 de Março de 2010 às 02:34
Olá Breizh! Sempre generosa nas palavras. Obrigado. Beijo.
De Simbologia do aMoR a 15 de Março de 2010 às 18:02
Sempre expõe teu caráter.
É por isso que eu o admiro!

Abraço.
De manu a 16 de Março de 2010 às 00:14
Olá Vera! Não sei ser de outra forma. Abraço.
De Simbologia do aMoR a 17 de Março de 2010 às 20:35
Manu

Tentei enviar-te mail pelo sapo por duas vezes e não consegui, o mesmo aconteceu com a Maria João. Tenho interesse em adquirir o livro de ambos, sendo que a entrega é mesmo em Portugal (Albufeira).
Vou enviar-te um mail com meu outro e-mail. No momento o PC que estou não é possível eu entrar no meu mail particular. Poderá abrir sem medo, o mesmo irá com nome de veluja.

Abraço.
De manu a 18 de Março de 2010 às 04:24
Já seguiu resposta
De M.Luísa Adães a 18 de Março de 2010 às 10:43
manu

Aproveitar momentos e sermos nós próprios
e ninguém a comentar, nossos erros e defeitos.

Para isso, somos nós que o temos de fazer
não necessitamos de falso amigo, a dizer!

Não mais te encontrei!

Beijos,

Mª. Luísa
De manu a 18 de Março de 2010 às 22:39
Olá Maria Luisa! O tempo tem estado limitadíssimo mas mal abrande faço uma visitinha. Beijos.

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter