Domingo, 30 de Janeiro de 2011

Parei o tempo

Desta muralha vejo o mundo moderno

peço ao tempo que pare o seu caminho

quero ficar eternamente neste cantinho

escrevendo o que vejo, no meu caderno

 

Desejo que o tempo hipnotize o mundo

que tudo fique parado, não mais avance

que a vida não passe por mim de relance

e me jogue num precipício mais fundo

 

Quero, para sempre, sentir este momento

como se o tempo existisse só para mim

e nada mais fosse importante nesta vida

 

Então meu olhar perde-se no firmamento

todos os outros são estátuas de marfim

e eu posso finalmente curar esta ferida

 

In... APRENDIZ DE POETA - EMANUEL LOMELINO - TEMAS ORIGINAIS

 

publicado por manu às 12:40
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De in-perfeita a 30 de Janeiro de 2011 às 18:22
Encontrei o teu livro (aprendiz de poeta)e um dia ...não sei quando,talvez quando lançares outro(o 3º) vou pedir o autógrafo.
Encomendei o outro (esgotado) - amador do verso.
Este poema "Parei o tempo"... tem aquela dose de nostalgia.
Beijo.
----
Obrigado pela ajuda dos locais one podia encontrar os mesmos. Foi em plena Av. de Roma.
De manu a 30 de Janeiro de 2011 às 18:51
Olá! Obrigado pelo interesse na minha poesia. É muito gratificante saber que, apesar de vivermos num país onde a poesia é parente pobre nas livrarias, existem ainda pessoas que valoram quem escreve.
Essa é a minha livraria de eleição, ando por lá muitas vezes!
Quem sabe se, talvez no final deste ano, não teremos oportunidade de autografar esse exemplar.
Beijocas.
De Carla a 30 de Janeiro de 2011 às 20:46
Lindo blog, parabéns.
De manu a 31 de Janeiro de 2011 às 18:20
Olá Carla! Bem-vinda neste espaço de poesia onde a porta está sempre aberta para quem quer entrar. Beijo luso
De Anónimo a 17 de Fevereiro de 2011 às 21:28
Uau :)

PM
De Cristina a 28 de Fevereiro de 2011 às 21:53
Como era bom se pudéssemos parar o tempo, e agarrar certos momentos para sempre...
Mas o tempo cruel e incansável como é, não se deixa apanhar, e corre por nós veloz.
Resta-nos as lembranças; essas, nem o tempo nem ninguém as pode apagar...
Porém, também não é saudável viver só de lembranças, por isso Emanuel, vá fazer novos momentos e desafie o tempo, para o parar a si...
Felicidades!
De Fátima Soares a 21 de Maio de 2011 às 23:37
Olá meu amigo gostaria de saber omo vai o livro e como vai o meu amigo andando? espero que muito bem. Amigo adicionei-o nuns blogs novos que fiz, não sei se sabe que são meus (Fátima Soares) Uma beijoca grande e doce e tudo a correr muito bem. Bfseamna!

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter