Sexta-feira, 31 de Outubro de 2008

Obrigado (2008)

Uma voz que não conheço

frases ditas e não escutadas

elogios que não mereço

por poesias divulgadas

 

Não é modéstia da minha parte

mas tenho orgulho em ler

comentários à minha arte

incentivos p'ra não me deter

 

continuo, pois, com a escrita

prometo não mais parar

agradeço o feedback

 

em talento alguém acredita

por amor vou continuar

até já, I'll be back

 

OBRIGADO a todos os que têm comentado os meus textos. As vossas palavras são um tónico importante.

 

 

sinto-me: agradecido
publicado por manu às 22:33
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De poetaporkedeusker a 31 de Outubro de 2008 às 22:51
As palavras são sempre um tónico importante, não é?
Das palavras nascem coisas. Até podem ser silêncios, mas não deixam de ser coisas. E têm sabores, texturas, dedos invisíveis. São doces, amargas, salgadas, picantes, insípidas...
São uma maravilha, as palavras!
Abraço.
De manu a 31 de Outubro de 2008 às 23:15
As suas têm-me feito reflectir muito e por isso lhe agradeço. Já lhe disse uma vez, talvez por outras palavras, que você foi a primeira pessoa com quem entrei em contacto na blogosfera e, sem dúvida, a forma sensata e cautelosa mas cordial com que me tem tratado são para mim motivo de satisfação. Quando decidi divulgar o que escrevo não esperava ter um retorno tão bom e isso é para mim um orgulho e um incentivo. Lembro-me bem das suas palavras quando sugeri que deixasse as suas criticas aos meus textos. Agora percebo bem o alcance a sua resposta. Nada melhor do que ir escrevendo e logo se vê o que dá. Uma vez mais obrigado pelo modo como me tem recebido e tratado e um obrigado por continuar a comentar o que escrevo. Um abraço de reconhecimento.
De poetaporkedeusker a 1 de Novembro de 2008 às 11:46
Um abraço de reconhecimento também para si, Manu!
A vida é mesmo partilha!
De Velucia a 1 de Novembro de 2008 às 01:10
Fiz um comentário!!!
E cadê?
Acho que o sapo comeu!! Deu errado!!??
Nem sei o que aconteceu!
Depois volto e comento.
De Velucia a 1 de Novembro de 2008 às 01:15
Oi Manulo eu aqui novamente

É que fiz um comentário e apareceu-me erro.
Por isso escrevi este anterior.
Quero dizer que venho aqui porque gosto do que escreve. Teus poemas são claros, praticamente sem metáforas.

Um abraço.
De manu a 1 de Novembro de 2008 às 18:33
Eu não precisava vir aqui agradecer as suas palavras. Este soneto é a minha forma de agradecer os vossos comentários ao meu trabalho, e fico muito contente pela forma positiva como têm reagido aos poemas. Um abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter