Quarta-feira, 24 de Dezembro de 2008

Tradição de Natal (2008)

São dez anos de tradição

ou devo dizer ritual?

há em casa muita animação

nesta época de Natal

 

para alegria da pequenada

um velho gordo aparece

uma cabecinha mais desconfiada

do Titi não se esquece

 

- Foi tomar conta das renas,

está lá fora a trabalhar.

Entretanto dou-vos as prendas

toca a desembrulhar!

 

A preocupação então dá lugar

a sorrisos de orelha a orelha

mas há sempre um a pensar

e a olhar-me de esguelha

 

-Tu não és o Pai Natal!

Diz-me com convicção.

-Como sabes se me porto mal?

-Tenho o dom da adivinhação

 

As crianças vão brincando

com os presentes que lhes dão

os adultos vão falando

até surgir nova questão

 

estou eu a entretê-los

a pergunta vem em desafio

-Porque tens os chinelos

que pertencem ao meu tio?

 

A gargalhada é geral

digo que ele me consentiu

-E o Titi não tem Natal?

-Porque está lá fora ao frio?

 

-Está na hora de partir!

Digo para grande desalento

é o Pai Natal a sair

e o Titi a entrar sala dentro

 

-Teve aqui o Pai Natal!

-Eu sei! Estava lá fora com as renas

-Ele é um "godo" bestial!

-E deixou aqui as tuas "pendas"!

 

-Esta prenda também é tua

-Despacha-te! Toca abrir!

E a alegre festa continua

é bom ver crianças a sorrir!

 

sinto-me: o Pai Natal
publicado por manu às 13:30
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De poetaporkedeusker a 26 de Dezembro de 2008 às 11:55
Olá Pai Natal de serviço! Um excelente 2009 para si!
De manu a 26 de Dezembro de 2008 às 13:19
Olá poetisa!

Espero que esteja melhor de saúde
e que o novo ano comece em beleza
é sabido que manterá essa atitude
com muita inspiração, tenho a certeza

Pois é, este foi mais um Natal em que aqui o Titi teve de carregar o saco dos presentes e distribui-los. Já se sabe que a criançada adora estas coisas, mas eu, cada vez, acho menos piada. Os restantes adultos trazem cada vez mais embrulhos e mais pesados. Nem o verdadeiro Nicolau acharia muita piada ter de carregar tanta coisa. No meio de tudo isto, para além da alegria dos meus sobrinhos, a única vantagem de se ser o Pai Natal é não ter de tratar de limpar tudo depois de terminada a distribuição. Também era o que faltava...!
Um bom final de ano para si e que 2009 lhe traga tudo o que deseja. Abraço.
De poetaporkedeusker a 26 de Dezembro de 2008 às 13:33
eheheh... tudo tem as suas vantagens e desvantagens, Manu! As grandes alegrias sao sempre precedidas por grandes esforços... mas, pelo menos, ficou a salvo das limpezas e arrumações...
Abraço.
De manu a 26 de Dezembro de 2008 às 13:42
Nesta quadra especial
digo em boa verdade
ser por cá Pai Natal
dá direito a imunidade

Abraço

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter