Domingo, 8 de Fevereiro de 2009

SOU III (2009)

A maior parte do tempo sou ponderado

mas tenho momentos de impulsividade

não sei como explicar esta dualidade

mas asseguro que já tenho ensaiado

 

situações que me alteram por completo

mantendo esta coerência sou outro eu

em diversas vezes que já me aconteceu

não identifiquei um só motivo concreto

 

actuo de acordo com as circunstâncias

sou apenas e só eu em plena consciência

minhas motivações são de ordem variada

 

sou juiz e júri em demasiadas instâncias

tento manter a mesma linha, consistência

sem que com isso tenha a mente fechada

 

tags:
publicado por manu às 15:07
link do post | comentar | favorito
|
24 comentários:
De poetaporkedeusker a 8 de Fevereiro de 2009 às 15:52
:) Também já me aconteceu, Manu... felizmente é só muito de quando em quando e só por motivos que, naquele momento, me pareceram de evidente injustiça.
Abraço.
De manu a 8 de Fevereiro de 2009 às 17:53
Olá poetisa!

São consequência de vários factores
estas reacções por vezes inesperadas
são alterações esporádicas de humor
por todos nós muitas vezes vivenciadas

Abraço.
De poetaporkedeusker a 8 de Fevereiro de 2009 às 20:31
Por vezes encontro poemas escritos em papéis. Poemas - muitos! - que não cheguei a publicar. Quando os leio sei imediatamente qual era o meu estado de espírito nesse momento. São muito transparentes os meus sonetos... e os outros poemas também.
Há poemas que nos nascem de uma notícia lida, de uma conversa, da contemplação de um simples objecto, etc.
Abraço grande.
De manu a 8 de Fevereiro de 2009 às 21:03
Olá poetisa!

Há sempre um momento, altura
que algo nos desperta a mente
pode ser uma simples leitura
ou uma conversa inteligente

tendo perto canetas e papeis
logo alguma coisa pode surgir
porque as palavras são fieis
o que sentimos sabem exprimir

basta um motivo para escrever
seja piada ou um assunto sério
o momento é que nos comanda

sentindo o que se está a viver
e nunca fazendo disso mistério
a escrita é célere e nunca branda

Abraço.
De poetaporkedeusker a 8 de Fevereiro de 2009 às 21:39
É verdade meu amigo!
Basta uma palavra ouvir
Basta um gesto ou um artigo
Pr `ó poema nos surgir

E, por vezes, um olhar,
Um encontro ocasional
Vem-nos logo despertar
A poesia total...

Quantos versos eu não fiz
Por causa de uma amizade!
Espontaneísmo feliz,
É, connosco, uma verdade.

Abraço.
De manu a 8 de Fevereiro de 2009 às 21:49
São momentos de quase insanidade
a nossa escrita surge bem frenética
faz-se o devido uso da criatividade
de uma forma em tudo energética

escrevemos com ou sem intuição
pomos no papel ideias concretas
podendo ou não ter alguma razão
fazemos poesias erradas e certas

são sempre as nossas verdades
o nosso modo de ver este mundo
cada um tem a sua própria vivência

damos expressão às liberdades
falamos com o saber profundo
cada um tem a sua experiência

Abraço.
De poetaporkedeusker a 8 de Fevereiro de 2009 às 22:02
Somos Novos Trovadores
Desta Era Digital!
Entre Servos e Senhores
Para nós é tudo igual!

Poeta é sempre bemvindo
No espaço em que navegamos!
Vamos indo, vamos indo,
Somos nossos próprios amos!

Repentistas (pois então!)
Porque é esta a nossa sina!
Cantamos a dimensão
Da nossa alma menina!

Vivemos fora do Espaço...
Fora do Tempo, também.
Recebemos, num abraço,
Todo aquele que vem por bem!

:)

De manu a 8 de Fevereiro de 2009 às 22:10
Assim se forjam amizades
aqui na distância espacial
criam-se algumas afinidades
o que até é algo natural

trocam-se ideias originais
outras já bem conhecidas
sem se usar os manuais
ou palavras pré-concebidas

somos fruto de uma paixão
ancestral como a escrita
só faz isto de coração
quem na poesia acredita


De inoutyou a 8 de Fevereiro de 2009 às 16:49

Caro Emanuel,

Quantas vezes nos admiramos com atitudes que tomamos e que não contavamos?? Teremos mais de uma personalidade?? Não sei, mas penso que acontece em quase todos nós...
Abraço
Alex
De manu a 8 de Fevereiro de 2009 às 17:58
Amigo Alex!

Neste tema não há exclusividade
todos nós temos destes momentos
actuamos sob uma impulsividade
mais célere que alisios ventos

Abraço.
De Gothicum a 9 de Fevereiro de 2009 às 09:32
"Aprendemos quando compartilhamos experiências."
(John Dewey)

...tu és o que és... um ser que sabe estar neste mundo imperfeito. És uma alma grande. Abraços
De manu a 9 de Fevereiro de 2009 às 19:49
Amigo Filipe!

Faço a meu papel, apenas o que posso
entrego-me ao mundo de cara lavada
todos temos que zelar pelo que é nosso
esta vida é curta e é grande a empreitada

Abraço.
De Utopia das Palavras a 9 de Fevereiro de 2009 às 14:16
Vou...
por aí
sentindo a poesia
e dou...
A ti, poeta
meu verso
de carinho...!

Beijos, Manu
De manu a 9 de Fevereiro de 2009 às 19:52
Olá Ausenda!

E eu recebo esse carinho
com satisfação
ser chamado poeta
por outro poeta
é prazer, motivação.

Beijos
De poetaporkedeusker a 9 de Fevereiro de 2009 às 14:37
Já nem sei como dizer,
Já nem sei como contar...
Ando pr`aqui a correr!
Tenho a cabeça a girar!

O Poeta está já saiu
E eu já nem sei o que digo!
Onde é que isto já se viu?
Tenho a minha vida em p`rigo!

Um livrinho de papel
Acabado de lançar!
Isto para mim é mel
E estou quase a desmaiar!!!

:)) Já foi lançado, Manu! O Poeta já está em livro!
De manu a 9 de Fevereiro de 2009 às 20:04
Olá Poetisa!

E eu fico satisfeito
com tanta alegria
saudo-a pelo feito
e pela simpatia

fico contente pelo poeta
que é já uma realidade
ganhou uma forma concreta
aí está ele de verdade

hoje recebi um mail, resposta
dos AUTORES sobre o tema
estão a estudar minha proposta
que para eles ainda é dilema

e se houver boa aceitação
um exemplar há-de ser meu
espero tê-lo em minha mão
e obter um autografo seu

Parabéns pela realização desse seu sonho. Abraço
De poetaporkedeusker a 9 de Fevereiro de 2009 às 20:42
:) Abraço!
De manu a 9 de Fevereiro de 2009 às 21:09
Dentro de dez minutos tenho uma surpresa para si, até já!
De poetaporkedeusker a 9 de Fevereiro de 2009 às 21:38
Ai! Aonde???
De manu a 9 de Fevereiro de 2009 às 21:53
E vão duas
De carlos henriques a 9 de Fevereiro de 2009 às 15:46
Boa tarde amigo

Nestas pequenas quadras
Em primeiro lugar peço
Desculpa por não ter comentado
Mas estou quase de regresso.

Espero depressa terminar
Este “stress” infernal
Para a semana se Deus quiser
Já vou voltar ao normal.

Este verso vou repetir
Onde costumo comentar
Mais uma vez desculpa
E não me leves a mal

[[abraço]]
De manu a 9 de Fevereiro de 2009 às 20:16
Amigo John!

Não tem que se desculpar
a uma rotina não se obrigue
mesmo se não comentar
não há aqui quem o castigue

aqui a porta está sempre aberta
cada um entra só quando quer
essa é a atitude mais certa
venha quando lhe aprouver

é sempre bem-vindo neste espaço
faça os comentários que quiser
não se acanhe, diga o que pensa

a todos recebo com um abraço
independentemente do que disser
os comentários ninguém dispensa

Abraço.
De Velúcia a 12 de Fevereiro de 2009 às 00:00
Olá meu amigo Emanuel!
Não pense que é só você
Que tem esta impulsividade!
Eu também tenho um pouco
Isto não é nehuma novidade!

Pôde ver o que fiz com o blog?
Que era a minha paixão!
Apaguei tudo de uma vez
Por ter tanta desilusão!
Foi com dor no coração.

Não sei se foi por impulso
Ou por esperar demasiado
Alguém que um dia me disse
Que amava-me demais
Fiquei na espera... E
O "Emmanuel" nunca mais!

Ps. Também chama-se Emmanuel. Mas não é você.


De manu a 12 de Fevereiro de 2009 às 17:52
Olá Vera!

Sim vi o seu desaparecimento
embora ainda por aqui ande
foi enorme o desapontamento
mas espero que volte em grande

Amiga, espero que regresse com um outro blog e nos possa presentear com a sua poesia. A nossa saudade é eterna. Muita coragem para você. Abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter