Sábado, 14 de Fevereiro de 2009

Solidão II (2009)

Ideia que desafia a minha lógica

preconceito individual enraizado

necessidade mental e biológica

força tenaz de coração fechado

 

teimosia na permanente solidão

negação de parceria estando só

urgência de falar em comunhão

eterna rebeldia contra dar o nó

 

solidão devoradora, alma faminta

âmago privado de atenção e amor

nada mais há que mais falta sinta

 

falta de alguém que ampare a dor

dê uma ajuda  jamais se ressinta

pelo estado de irrevogável torpor

 

tags:
publicado por manu às 18:26
link do post | comentar | favorito
|
32 comentários:
De Utopia das Palavras a 14 de Fevereiro de 2009 às 19:03
Só, quantas vezes multidão
Só, no sonho de prosseguir
Só, porque teimas na ilusão
Só, porque receias o devir!

Já te disse uma vez... o caminho é em frente!

"Pelo sonho é que vamos" (Sebastião da Gama)

Beijinhos e bom fim de semana
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 08:36
Olá Ausenda!

Mas sente-se a solidão
mesmo lutando contra ela
a esperança é solução
mas só a vejo da janela

Beijos. Bom fim de semana.
De Peter a 14 de Fevereiro de 2009 às 20:41
bonita poesia, libertadora... cumplimenti. ciao.
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 08:42
Ciao Peter. Grazie per il comento. Buon fine della settimana.
De inoutyou a 14 de Fevereiro de 2009 às 21:31

Amigo Emanuel,

A solidão é deveras triste e traumatizante, mas uma pergunta lhe faço: Será pior a solidão porque está só, ou a solidão ainda que acompanhado??

Abraço e Bom Domingo
Alex
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 08:45
Amigo Alex!

Essa é a pertinência deste texto
a questão cuja resposta procuro
você leu tudo dentro do contexto
tal como eu também está no escuro?

Abraço e bom fim de semana
De inoutyou a 15 de Fevereiro de 2009 às 12:03

Amigo Emanuel,

No escuro não estarei
mas meus sonhos de um dia
a fecidade que eu queria
até agora não vislumbrei

Abraço
Alex
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 12:21
Amigo Alex!

Somos como dois lobos solitários
em busca da nossa própria alcateia
da solidão somos eternos locatários
a ver vamos se ela nos premeia

Abraço de esperança.
De rosafogo a 14 de Fevereiro de 2009 às 22:08
Que Vida?! Ai, desse coração?!
Estará sómente a divagar!?
Ou é apenas momentanea solidão?
Ou o fantasma do medo de errar?!

Da minha parte quero augurar que tudo lhe sorria.


De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 08:49
Olá Rosafogo!

Apenas momentânea ou permanente
a triste solidão existe em todos nós
camuflada aparece a toda a gente
mesmo acompanhados estamos sós

Abraço. Bom fim de semana.
De poetaporkedeusker a 14 de Fevereiro de 2009 às 23:32
Eu nunca me sinto só, Manu... e continuo a pensar que a solidão acompanhada é que é dolorosa. Mas isto sou eu...
Abraço.
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 08:52
Olá Poetisa!

Estar rodeado de gente
pode criar a ilusão
de que se está contente
mas no fundo é solidão

Abraço.
De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 12:41
Quantas vezes é solidão, Manu... e é a mais terrível das solidões, quando se vive entre os que nos não entendem minimamente. É mesmo terrível.
Abraço grande!
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 14:35
No entanto ao fim do tunel há uma luz
que brilha e indica novos caminhos
não é estrela que brilho próprio produz
mas é astro que revela outros trilhos

Abraço
De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 15:28
É essa luz que guia os nossos passos,
Como cegos em busca de caminho,
Sem que nos parem trémulos cansaços,
Como andorinhas rumando ao seu ninho... :)


De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 15:39
E assim continuamos a voar
fugindo de eternos tormentos
em busca de lugar para poisar
e descançar breves momentos
De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 16:07
Mas serão sempre tão breves
Que mal dá pr`a descansar...
Os pensamentos são leves
E só querem é voar... :)
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 16:33
Que voem os pensamentos
apenas com uma condição
que nos dêem momentos
de muita e boa inspiração
De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 20:37
E que essa inspiração dê
Pr`a somar a outras mais
Poque o que a minh`alma crê
É que nunca são demais! :)
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 20:52
E como preciso de inspiração
neste momento de desgarradas
estou em grande turbilhão
você são duas e inspiradas
De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 20:59
Peço desculpa! Eu sou uma
Muito embora repartida
(às vezes sou coisa alguma
por estar sempre dividida!) ;)

Desde quando é que eu sou duas, Manu? Só se contarmos com os animais... e aí sou catorze! Se for com as plantas... sou muitas, muitas. Mas só tenho duas mãozinhas...
Abraço grande!
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 21:06
Eu pareço a Alemanha na grande guerra
combatendo os aliados em várias frentes
não é só a poetisa que de mim se encarrega
em Ítaca há mais uma amiga, outras gentes

eu estou a divertir-me com estas batalhas
faço o que posso para manter as rimas soltas
peço desculpas se se revelam muitas falhas
agora vocês são duas... suas marotas
De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 21:12
Já percebi! É a Rosafogo! Estava a responder directamente da cx de correio e nem tinha reparado que havia mais alguém na desgarrada! Eheheh
:))
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 21:16
Estou com a adrenalina no máximo
que roda viva esta vida de poeta
daqui vou comentar o próximo
tentando manter a mente alerta
De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 21:29
Se não fosse a banda larga
Subir a conta do mês,
Ficava eu com a carga...
Mas lá sobe ela outra vez!!! :)
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 21:37
Veja se trata disso amanhã
o assunto é preocupante
faça por manter a mente sã
esse aspecto é importante
De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 22:57
A minha mente, coitada,
De levar tanto "abanão"
Deve estar desregulada
E nem o corpo está são! :)
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 23:02
Mas isso vai melhorar
tenho quase a certeza
a maleita vai fintar
utilizando a esperteza
De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 23:09
Eu não sou lá muito esperta,
Tenho defeitos aos montes,
Mas mantenho a mente aberta
Para os novos horizontes! :)
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 23:15
Defeitos todos nós temos
montes também tenho eu
importante é o que fazemos
e o que na vida se aprendeu
De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 23:23
Vou-me calar de seguida
Porque tenho de postar...
As mil coisas desta vida
Estão-me agorinha a chamar...

Receba este meu abraço,
Adorei a desgarrada!
Mas já nem sei o que faço
E estou a ficar cansada!!!! :))))
De manu a 15 de Fevereiro de 2009 às 23:27
E eu aproveito esta sua deixa
para me despedir, até amanhã
também o meu corpo se queixa
e acordo bem cedo pela manhã

Abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter