Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

Prazo de validade (2009)

Porque da verdade não fujo

muito já eu tenho perdido

sinto-me um naufrago marujo

que do mar está escondido

 

fico quieto, parado sem alarde

confesso ter algum receio

o tempo passou, pode já ser tarde

para viver a vida que anseio

 

limpei-me da poeira que me cobria

abri as janelas para arejar

afastei a dor que me oprimia

um novo EU quero libertar

 

paguei um preço muito elevado

por calar sentimentos felizes

no silêncio fui mal tratado

mea culpa, foram meus os deslizes

 

saio desta caverna escura

quero ver o brilho do sol

viver momentos de ternura

que o amor seja o meu farol

 

quero dar-me tal como sou

sou assim, nada posso fazer

a minha vida ainda agora começou

eu mereço, muito fiz por merecer

 

quem no meu corpo fizer garimpo

juro, um tesouro vai encontrar

vislumbrará um coração quase limpo

temo só que esteja prestes a secar

 

tags:
publicado por manu às 18:32
link do post | comentar | favorito
|
15 comentários:
De poetaporkedeusker a 18 de Fevereiro de 2009 às 19:27
Coração limpo não seca
Nem mesmo à hora da morte...
Se o seu coração não peca
Há-de ter bem melhor sorte! :)
De manu a 18 de Fevereiro de 2009 às 23:19
Olá Poetisa!

Há muito o coração deixou de pecar
já faz tempo que ele não me arrelia
à noite, da temperatura não vou falar
e gelado fica, no calor do dia a dia

Abraço.
De poetaporkedeusker a 18 de Fevereiro de 2009 às 23:59
Corações são mesmo assim!
Às vezes fazem asneiras...
O meu, gostando de mim,
Só me vai dando canseiras... :)

Abraço!
De manu a 19 de Fevereiro de 2009 às 20:16
O meu já nem o compreendo
é um orgão autónomo de mim
não liga quando o repreendo
fica amuado, deixa-me assim

Abraço
De poetaporkedeusker a 19 de Fevereiro de 2009 às 20:43
Devem ser todos iguais!
Gostam muito de amuar!
O meu adora animais
Nenhum o deve igualar! :)

Abraço!
De manu a 19 de Fevereiro de 2009 às 21:07
No meu já não tenho mão
nem o posso contrariar
tenho de arranjar solução
acho que o vou leiloar

Não tinha ideia nenhuma sobre o que escrever hoje mas parece que vou aproveitar este improviso para escrever um post. Até já.
De poetaporkedeusker a 19 de Fevereiro de 2009 às 21:16
Até já! Eu quero ver
O que vai sair daí!
Se eu não conseguir escrever
É só porque adormeci... :)
De manu a 19 de Fevereiro de 2009 às 21:28
O cansaço também está deste lado
tive um dia demasiado saturante
por isso estava menos inspirado
não saía nada de muito relevante

Abraço.
De poetaporkedeusker a 20 de Fevereiro de 2009 às 00:23
Estou outra vez atrasada!
Chego tarde e a más horas...
Não posso fazer mais nada:
São dos cães estas demoras... :)
De rosafogo a 18 de Fevereiro de 2009 às 21:07
Não facilito a vida aos poetas,estou sempre a dizer o que penso, que fazer? Sou assim.

Olá

Vejo-o com um sorriso de menino
Mas forte, com um coração de cristal
Neste poema ouve-se um rufo, um novo hino
Num bom caminho, caminho triunfal!
De manu a 18 de Fevereiro de 2009 às 23:26
Olá Rosafogo !

Acho que são apenas esperanças
um grito, fruto de um simples desejo
estamos em tempo de poupanças
e está muito caro aquilo que almejo

Abraço.
De Vera a 19 de Fevereiro de 2009 às 01:11
Oi Manulo

Depois de muito sofrer
Renascemos para um novo querer
De manu a 19 de Fevereiro de 2009 às 20:19
Olá Vera!

A vontade existe
o sonho também
o ser não desiste
do que lá vem

Abraço
De Utopia das Palavras a 19 de Fevereiro de 2009 às 12:42
Sinto-te mais liberto
Disposto a abrir caminho
Esse teu coraçãi é esperto
Fartou-se de te aturar sózinho!

Manu, gostei da altivez...olha a luz, tás a ver?
... lá ao fundo do tunél...!

Beijos
De manu a 19 de Fevereiro de 2009 às 20:23
Olá Ausenda!

Admito ser difícil de aturar
mais teimoso é o coração
há muito que o tento mudar
mas é sempre dele a razão

Beijos

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter