Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2009

SOU IV (2009)

Não sei para quem escrevo estas linhas

apenas sinto que assim devo escrever

algures neste mundo alguém me vai ler

e sentir estas palavras que são minhas

 

nada posso prometer, eu não tenho nada

além desta paixão pela escrita poética

tenho apenas inspiração quase patética

fruto do sentir desta minha alma penada

 

estou longe de ser um príncipe encantado

tenho o meu encanto sem ser belo ou feio

cheio de defeitos e virtudes fui educado

 

sou directo e bem humorado quanto basta

a minha vida tem sido apenas um recreio

e sinto que se está a tornar muito nefasta

 

 

tags:
publicado por manu às 20:47
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De Breizh da Viken a 26 de Fevereiro de 2009 às 22:36
Emanuel,

A escrita poética que tens
para mim é um dom...
Simbolo de um grande ser ...
Por isso é tão bom te ler.


Não digas que a vida se torna nefasta...lembra-te que há sempre quem esteja pior...


bj

breizh
De manu a 26 de Fevereiro de 2009 às 23:22
Olá Breizh!

Sei que há bem pior que eu
mas deixa-me ser egoísta
admiro esse conceito teu
fiel sentir de uma artista

Beijos
De Breizh da Viken a 27 de Fevereiro de 2009 às 00:32
Artista sei que não sou...
Não te faz nada mal
seres um pouco egoísta


Bj

Breizh
De manu a 27 de Fevereiro de 2009 às 00:52
Escreves, pintas e amas
logo, só podes ser artista
não sei porque reclamas
deste meu ponto de vista

Beijos
De Breizh da Viken a 27 de Fevereiro de 2009 às 12:03
Olá
Por vezes reclamamos
de barriguinha cheia
outras vezes ...

bj

breizh
De manu a 27 de Fevereiro de 2009 às 18:18
... de barriga vazia?

Beijos
De Vera a 27 de Fevereiro de 2009 às 04:14
Oi Manulo

Não importa em saber
Para quem estamos a escrever
Basta que entendamos e dizer
O que sai de nosso Ser

Abraço
De manu a 27 de Fevereiro de 2009 às 18:20
Olá Vera!

Tentar ser bem entendido
já é difícil por natureza
se quem lê é desconhecido
pode haver estranheza

Abraço.
De Utopia das Palavras a 27 de Fevereiro de 2009 às 17:51
Palavras que desaguam
noutro olhar, noutro saber
Nefasta a vida onde flutuam
Versos que não querem ser!

Manu... a vida nunca é nefasta, não a sintas assim!

Beijos
De manu a 27 de Fevereiro de 2009 às 18:24
Olá Ausenda!

Só expresso o que sinto
digo-o com sinceridade
raras as vezes que minto
nunca fujo da verdade

Beijos
De rosafogo a 27 de Fevereiro de 2009 às 18:38
Estranhou? Voltei e porque os amigos não se esquecem aqui me tem

Desaguam estas linhas no nosso coracão
No coração de quem lhes sente a beleza
Estas palavras sempre repletas de emoção
E que me deixam por vezes uma lágrima acesa!

Bom fim de semana e um grande abraço
De manu a 27 de Fevereiro de 2009 às 20:35
Olá Rosafogo !

Que estranho fenómeno este da internet
em que as amizades são mais sentidas
cada momento é único e não se repete
e estranhamos as súbitas despedidas

Bom fim de semana. Forte abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter