Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009

Insónia (2009)

Na solidão da noite surge a insónia

nascem pensamentos e eu desespero

por calar e fazer toda esta cerimónia

e esperar que adivinhes que te quero

 

com o tempo vou perder qualidades

a idade não perdoa, está bom de ver

na noite sentem-se as necessidades

abraços e carícias que se querem ter

 

quero deixar de lado este meu sonho

quero transformá-lo numa realidade

quero abandonar este meu ser menino

 

quero largar este meu rosto tristonho

quero sentir-me em ti, com vontade

sinto falta do teu belo corpo feminino

 

tags:
publicado por manu às 21:00
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Breizh da Viken a 27 de Fevereiro de 2009 às 23:09
Olá Emanuel...
É mesmo...
É no calor ou frio da noite que os pensamentos brotam do interior do nosso ser.
Fazem-nos sonhar e esquecer a realidade...
fazem-nos amar e sofrer
fazem-nos por vezes escrever esta realidade.


Também eu sofro de insónias...
bj
breizh
De manu a 27 de Fevereiro de 2009 às 23:24
Olá Breizh!

A noite pode ser uma boa conselheira
na noite perdemos todas as inibições
pode-se disfrutar de uma companheira
e para o coração arranjar soluções

Beijos
De Breizh da Viken a 28 de Fevereiro de 2009 às 00:06
Arranjar soluções ou complicações!
quando se é filho da pouca sorte tudo nos vem bater a porte ( porta)


bj

breizh
De manu a 28 de Fevereiro de 2009 às 00:43
Como filho da pouca sorte só posso dizer que por vezes há agradáveis surpresas que nos batem à porta. Só não abrimos essa porta se tivermos medo, e quem tem medo compra um cão. Beijos
De Breizh da Viken a 28 de Fevereiro de 2009 às 01:27
Posso comprar um gato?
De manu a 28 de Fevereiro de 2009 às 01:29
Estive quase para te sugerir isso. Assim animada e bem humorada ficas mais a meu gosto. Beijo grande.
De Breizh da Viken a 28 de Fevereiro de 2009 às 01:34
andamos os dois por aqui!
ahahahah
De manu a 28 de Fevereiro de 2009 às 01:54
e bem acompanhados
De Utopia das Palavras a 28 de Fevereiro de 2009 às 00:00
Sonho bonito de amor
No teu poema esculpido
Palavras sentidas no calor
De querer ser amor vivido!

Beijos
De manu a 28 de Fevereiro de 2009 às 00:45
Olá Ausenda!

Há um desejo de amor
uma intenção de mudar
afastei de mim a dor
agora quero amar

beijos
De Vera a 28 de Fevereiro de 2009 às 01:51
Oi Manulo

Penso que deve falar e não calar-se. O medo não nos deixa crescer nem tampouco chegar a lugar algum. Portanto meu amigo vá em frente, fale, grite. Só terá que ouvir um "sim" ou um "não", mas se não disser nada... Sofrerá teu coração.

Noite passada foi trágica!
Porque o sono também não vinha
Por isso passei pelos blogs
E ver o que é que tinha...
Minha insônia foi por medo
De perder um amor...
Aquele que nada pede em troca
Nosso cão que por nós tem amor.
Estou prestes a perdê-lo
Depois de longos anos (16)
Não há o que fazer...
A pena é ir vendo-o morrer.

Um abraço.
De manu a 28 de Fevereiro de 2009 às 01:58
Olá Vera! Sinto muito por si e pela nossa amiga poetaporkedeusker por estarem a passar por uma situação similar. Não sou muito bom nestas ocasiões, fico sempre sem saber o que dizer, mas desejo que este momento difícil passe rápido para bem de todos e que acabe o sofrimento. Abraço solidário.
De Vera a 1 de Março de 2009 às 04:47
Obrigada Manulo

A situação realmente é difícil.
Sou muito sensível e o amor que tenho por ele e ele por mim não tenho nem como descrever.
Só sei que nestes dias difíceis s´[o comigo ele fica o tempo todo, não quer ficar sozinho um só minuto.
Talvez também eles presintam que está chegando a hora da partida.

Muito obrigada pelo abraço solidário.
De manu a 1 de Março de 2009 às 09:05
Olá Vera! Nesse aspecto os animais são mais dotados do que nós. Se lembre que antes de qualquer catástrofe os animais são sempre os primeiros a presenti-la. Abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter