Sábado, 14 de Março de 2009

Caminhos V - A barca de Caronte (2009)

Quando deixei estes irmãos Deuses à beira mar

segui o meu calvário, pus meus pés ao caminho

parti na certeza de por mim ficarem então a zelar

ficaram no meu coração "Nunca estarás sozinho"

 

Caminhei por montes e vales, de noite e de dia

até o cansaço ser muito e falar bem mais alto

muitos os rios que atravessei, fiz a travessia

subi e desci montes para acampar num planalto

 

Não vos sei mesmo dizer quantas horas eu dormi

mas há muito que não dormia assim tranquilo

ao acordar, fiquei pasmado com o que então vi

não acreditei nos meus olhos "O que é aquilo?"

 

Na minha frente estava um velho esfarrapado

que olhava para mim com demasiado interesse

à beira do rio tinha um simples bote atracado

fui ao seu encontro sem que nada me dissesse

 

"Quem és tu ó velho barqueiro?" inquiri curioso

ao que simplesmente respondeu "Sou Caronte"

Era velho, muito velho, diria mesmo muito idoso

"Trabalho neste rio que abarca todo o horizonte"

 

"Porque não entras no meu barco? Anda, vem"

"Não sai muito cara esta derradeira viagem"

Perguntei "Vais já partir? Não há mais ninguém?"

"O que posso eu querer ver na outra margem?"

 

Caronte não sabia ou não me queria responder

mas a resposta há muito tempo já eu a conhecia

este é o transporte para quem acaba de morrer

e conhecer o profundo Hades eu ainda não queria

 

"Ainda é cedo para essa travessia eu poder fazer"

"A minha vida não acabou, espera-me melhor"

Caronte perguntou "Que estás tu para aí a dizer?"

Respondi "Nada digo, sou filho de um Deus menor"

 

tags:
publicado por manu às 16:18
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Catarina Portela a 14 de Março de 2009 às 16:55
E quanto eu gosto da tua poesia.
Aqui está um merecido prémio e um desafio
http://pedacosmeus.blogs.sapo.pt/4312.html

Fica bem. Fico à espera de resposta. ;)
De manu a 14 de Março de 2009 às 17:09
Olá Catarina! Tenho estado em falta para contigo ao não te comentar com assiduidade apesar de ler os teus textos. Vou já ver o teu desafio. Beijos
De inoutyou a 14 de Março de 2009 às 22:53

Amigo Emanuel,

Bonita poesia, sem dúvida.

Abraço e Bom Domingo
Alex
De manu a 14 de Março de 2009 às 23:10
Amigo Alex! Vou tentando e testando uma nova abordagem. Pode ser que resulte. Bom fim de semana. Abraço.
De poetaporkedeusker a 14 de Março de 2009 às 23:15
Vai assim, lentamente, uma visitinha de cada vez... mas gostei desta recusa a Caronte. Quando "passei por isso" nem consegui recusar... garanto que, quando se vai a meio caminho, já não se quer parar... mas os médicos lá me trouxeram de volta...
Abraço grande, Manu. :)
De manu a 14 de Março de 2009 às 23:21
Olá poetisa! E ainda bem que assim foi. Bom fim de semana. Abraço.
De Breizh da Viken a 14 de Março de 2009 às 23:16
Olá Emanuel,

Mais uns excelentes poemas...
Gosto bastende de ler-te...


bjs

Breizh
De manu a 14 de Março de 2009 às 23:22
Olá Breizh! Ibidem aspas. Beijo.
De Breizh da Viken a 14 de Março de 2009 às 23:17
Desculpa....bastante
De manu a 14 de Março de 2009 às 23:22
Estás desculpada

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter