Sábado, 11 de Abril de 2009

Solidão III (2009)

Há sempre uma rima a surgir

são muitos os temas para abordar

não há um estilo para definir

o interesse é só um, apenas poetizar

 

Fala-se de amor, paixão, sentimento

forma-se o sonho que se deseja

as palavras aparecem no momento

e no topo do bolo falta a cereja

 

Em verdade, sou obrigado a dizer

que o amor nem tenho procurado

na semana há muito para fazer

ao fim do dia chego a casa cansado

 

Mas isso não me impede de sentir só

há uma real e verdadeira necessidade

não falta muito para me transformar em pó

e ainda não encontrei a felicidade

 

Tento abstrair-me desta solidão

que me faz mal por ser nefasta

quero, preciso dar alento ao coração

cansei de estar só e grito BASTA!

 

Quero partilhar alegrias e tristezas

pensamentos mais íntimos, quero falar

quero perder dúvidas, ganhar certezas

pretendo alguém que me queira amar

 

tags:
publicado por manu às 21:50
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Simbologia do aMoR a 12 de Abril de 2009 às 13:51
Amigo Emanuel

Fico triste por ver um poema de uma pessoa tão doce, mas solitária.

Busque a felicidade interna.
Veja quão amável é sua pessoa!
Quando encontrar a si mesmo,
Encontrarás o amor verdadeiro.

Abraço e bom domingo de Páscoa
De manu a 12 de Abril de 2009 às 14:22
Olá amiga! A mim já me encontrei faz muito tempo. Sou feliz por ser quem sou e por ser o que sou. Mas só isso não chega. Abraço e boa Páscoa.

De Utopia das Palavras a 12 de Abril de 2009 às 22:26
Ter um coração a transbordar
De estrelas, de fogo e paixão
Querer de mãos dadas voar
Mas a solidão...mas a solidão!

Manu...um poema magoado. Anseia amigo, mas não streses, afinal todos passamos por isso!

Beijo maior


De manu a 13 de Abril de 2009 às 18:08
Olá Ausenda!

Palavras gritadas, devaneios
de alma querendo transformação
vontades, desejos e anseios
potenciados pela vil solidão

Beijo grande

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter