Domingo, 19 de Abril de 2009

AUSENDA HILÁRIO

Com força de humana vontade

soltas a tua voz, gritas ao mundo

tu, ó diva da poesia em liberdade

declamadora de um sentir profundo

 

Passas a tua mensagem pessoal

fazes uso da lua, ventos e marés

apesar desta plataforma virtual

conheço-te, sei bem como tu és

 

Num tempo sem moral ou valores

as tuas palavras são nova esperança

motes simples mas moralizadores

são o teu legado, a tua herança

 

Não só de corpo e alma tu és mulher

da tua condição deves estar orgulhosa

de peito aberto, para o que der e vier

tu és bem mais, és uma pessoa fabulosa

 

Nestes momentos de física fraqueza

em que o desgaste de mim se apodera

é reconfortante sentir e ter esta certeza

ainda existe no mundo amizade sincera

 

A separar-nos temos apenas o espaço

somos seres reais na virtualidade

abdico de tudo mas nunca me desfaço

da poesia, do teu carinho e amizade

 

Esculpiste o teu nome no meu peito

a letras de ouro, chamaste a atenção

são amizades como a tua que aceito

e guardo bem fundo neste meu coração

 

Posso ser um homem com defeitos e carências ( nunca os escondi) mas sinto-me abençoado por ter os amigos que tenho. A tua amizade incondicional é um aspecto que só me engrandece. Como a amizade não se agradece, apenas se sente, venho deste modo dizer publicamente o carinho que tenho por ti e como te adoro por seres a mulher fantástica que és mas acima de tudo quero que o mundo saiba quão maravilhosa és como ser humano. Sou um privilegiado por te ter conhecido. Obrigado por existires.

 

 

tags:
publicado por manu às 09:23
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De rosafogo a 19 de Abril de 2009 às 13:33
O Mundo necessitava de ter mais seres humanos assim como estes amigos.

Nem sei bem se consigo
Dizer dos dois, qual gosto mais!
Se é dela que é uma flor?!
Ou dele, que é um amigo.
Para mim são iguais!
Um é Grande, outro Maior.

Dois beijinhos grandes para os dois, sinto-me feliz por
ser vossa amiga , sinto-me feliz de verdade.
De manu a 19 de Abril de 2009 às 18:09
Olá rosafogo! Que maior riqueza pode um homem ter para além da amizade?!! É reconfortante ter amigos assim. Beijo grande.
De Utopia das Palavras a 19 de Abril de 2009 às 16:48
As minhas palavras agora voaram
Queria agarrá-las para te dar
Mas por certo com as tuas se emocionaram
Agora não sei como as devo encontrar!

Manu...muito sinceramente, podia dizer-te tanta coisa, mas não consigo! E como a amizade não se agradece, obrigada pelo poema!

Beijo maior
De manu a 19 de Abril de 2009 às 18:14
Olá Ausenda!

Deixando o egoísmo de lado
e fazendo uso da liberdade
grito ao mundo "Sou abençoado"
liga-nos esta linda amizade

O que digo e escrevo é o que penso e sinto. Beijo grande.
De Simbologia do aMoR a 19 de Abril de 2009 às 23:43
OLá Manulo

Bela homenagem!
Abraço e boa semana.
De manu a 20 de Abril de 2009 às 19:45
Olá amiga! Eu aqui homenageo a amizade enquanto você renasceu no amor. Já li seus textos "Eternamente" e seguindo as pistas encontrei outro "Eternamente". Força amiga, siga seu coração. Estarei aqui para a apoiar. Abraço.
De Simbologia do aMoR a 21 de Abril de 2009 às 20:11
OI Alex

Voltei e para perguntar-lhe onde viu outro "Eternamente". Sabes pq pergunto?
Porque no ano passado escrevi um poema chamado "Éter-nidade" e um amigo colocou-o em uma página muito bonita, é pena que não tenho comigo, pois irira postá-lo. E dias vi um "Reflexos de Eternidade", não sei bem quais! E também outro "Por A..."
Agora este que viu, sinceramente eu não vi. Onde está?
Bjinhos.
De manu a 21 de Abril de 2009 às 20:26
Olá amiga! Espero que esse lapso do nome seja isso mesmo... um lapso. F.S (você o tem adicioado) 16 abril. Abraço.
De Simbologia do aMoR a 21 de Abril de 2009 às 22:20
Fez-me rir.

Não entendi o significado de "16 de abril". Acho que sou parva. Só entendi o "S.F" Mas acho que está enganado!
Isto é um jogo que já resultou até em "assassinato".
E agora em outro assassinato, mas de outra forma.
Acho que minha intuição anda errada.
Este renascer foi para alguém muito diferente e que há há algum tempo anda fugido, creio que por medo, talvez não acreditou no que eu disse e eu também nunca acreditei nele! Por isso eu falo em meus poemas tanto sobre a verdade. Jurou tanto uma verdade e agora não quer mostrar a verdade dele(a)? Ou... morreu! Mas não teria a coragem de "assassinar-me".

Espero que entenda e agradeço pelo apoio.
De manu a 22 de Abril de 2009 às 18:14
Olá amiga! É bom encontrar você bem disposta. E esse pormenor de você estar postando de Albufeira...
Com o bom tempo que vai começar você não volta a casa tão cedo. Abraço.
De Simbologia do aMoR a 22 de Abril de 2009 às 20:05
Volto sim, mas só em junho!

Abraço
De manu a 22 de Abril de 2009 às 21:17
Espere só pelo nosso sol de verão e depois você me diz alguma coisa

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter