Quarta-feira, 6 de Maio de 2009

Nada (2009)

Sem saber muito bem do que falar

porque estou leve, bem tranquilo

podia escrever sobre isto e aquilo

e por aí fora eu poderia continuar

 

Como acredito poder falar de nada

mesmo sem tema eu posso escrever

apenas como um modo de entreter

vou escrever esta poesia imaculada

 

Hoje não haverá nenhum sentimento

muito menos uma situação de vida

não há amor ou paixão em destaque

 

Amanhã quem sabe existirá lamento

talvez até uma frustração acometida

ou de apenas nada, mais outro ataque

 

tags:
publicado por manu às 23:43
link do post | comentar | favorito
|
28 comentários:
De Breizh da Viken a 7 de Maio de 2009 às 00:41
Mesmo sobre o "Nada" tu escreves bem....



beijoca

Breizh
De manu a 7 de Maio de 2009 às 17:56
Olá Breizh! Sabes... há uma caracteristica minha que justifica eu escrever por tudo e por nada, mas que ninguém até hoje identificou na forma como escrevo. Talvez nunca ninguém tenha feito essa associação de ideias mas eu escrever todos os dias deve-se ao facto de eu ser um tagarela que fala pelos cotovelos. Falo e falo e falo e falo......... Beijos
De Breizh da Viken a 7 de Maio de 2009 às 21:53



Beijos


De manu a 7 de Maio de 2009 às 22:36
Nice to see you smile. Kisses
De manu a 9 de Maio de 2009 às 23:05
E esta língua de fora ( que rosada ela é) é para mais ninguém ver?
De manu a 9 de Maio de 2009 às 23:32
De rosafogo a 7 de Maio de 2009 às 19:07
Hoje percebo, porque há empatia entre nós! É que eu também sou tagarela, falo, falo...

Somos o que somos, que fazer?
Se é assim que nos sentimos bem
Falamos de tudo, até de bemquerer
Pequenos nadas que são tudo, também.

Como diz a sua amiga B, até do nada escreve bem.

Um abraço
De manu a 7 de Maio de 2009 às 22:43
Olá rosafogo!

Falo de nada e de tudo um pouco
e falo de uma forma apaixonada
falo... falo... e falo como louco
mesmo calado.... falo de nada

Abraço.
De inoutyou a 7 de Maio de 2009 às 21:56

Amigo Emanuel,

Para "Nada"...acho que está muito bem....

Abraço
Alex
De manu a 7 de Maio de 2009 às 22:38
Amigo Alex! São os nadas que nos preenchem a vida. Abraço.
De Simbologia do aMoR a 7 de Maio de 2009 às 22:51
Olá

Eu aqui novamente.

cho que outro dia falei sobre o "nada", mas este nada significa "tudo".

Abraço.
De manu a 7 de Maio de 2009 às 23:17
Olá amiga! Ontem decidi falar de nada, mas os nadas também são importantes na nossa vida. Aliás, é de pequenos nadas que normalmente se retira a melhor satisfação. Beijos
De Simbologia do aMoR a 8 de Maio de 2009 às 10:08
É verdade!

Pois foi do nada que caminhei por alguns rios e sítios e destes comecei a poesia.

Abraço.
De Simbologia do aMoR a 8 de Maio de 2009 às 11:53
Oi Manulo!

Leiam-nos (entendeu?)
E o nada se fez tudo!
Veja os dois últimos posts do re-nascer.
Agora vou à Lisboa, posteriormente mais aí perto.

Ate breve.
De manu a 8 de Maio de 2009 às 15:39
Mais perto daqui sem ser em Lisboa só se você estiver a 15 minutos da capital pelo lado norte.
De Simbologia do aMoR a 8 de Maio de 2009 às 17:16
Ainda não fui, mas estarei em breve, na próxima semana. Primeiro Porto, depois aquela cidade onde você disse que é o povo mais consciente. E a cidade é muito limpa. Se quiser dar mais algumas dicas de cidades lindas para eu visitar, agradeceria.
De manu a 8 de Maio de 2009 às 19:11
Assim de repente posso sugerir que visite Guimarães (perto de Braga), é a cidade onde nasceu nosso primeiro rei ( o que transformou Portugal num país)
Também deve visitar Coimbra ( a cidade dos estudantes) procure saber mais sobre as ruínas romanas de Conimbriga e visite o " Portugal dos pequeninos", é uma cidade em miniatura. São Duas cidades com muita história. Boas visitas.
De Simbologia do aMoR a 9 de Maio de 2009 às 18:37
Obrigada.
No momento estou em Lisboa; vou visitar a Feira do Livro. Pena é que por aqui chove.

Abraço.
De manu a 9 de Maio de 2009 às 18:52
Olá amiga! E eu que o diga já que passei quase todo o dia em Lisboa e escapei de me molhar todo. Espero que não se assuste com esta trovoada seca. Beijo
De Simbologia do aMoR a 9 de Maio de 2009 às 19:07
Já vi tempestades piores.
Mas não temo a chuva.
Ela faz bem para limpar a poeira no ar.

Abraço.
De manu a 9 de Maio de 2009 às 19:12
Este é o tempo normal em Maio. Dias de intenso calor logo seguidos de muita chuva e trovoada.
De Simbologia do aMoR a 9 de Maio de 2009 às 19:20
Ainda não senti nenhum calor por aqui.
Calor mesmo, só quan~do fui em Fátima
Espero que que o calor (sol) aumente.
De manu a 9 de Maio de 2009 às 19:27
Ainda esta semana esteve muito calor na zona de Lisboa, esteve quase sempre perto dos trinta graus. O verdadeiro calor vem mais perto do final deste mês.
De manu a 8 de Maio de 2009 às 15:37
Dai a satisfação...?!!!
De Simbologia do aMoR a 8 de Maio de 2009 às 17:14
Não!
Vejo aí malícia e não há malícia nenhuma.
A satisfação só se dá, quando a alma é verdadeira.
De manu a 8 de Maio de 2009 às 19:07
Totalmente de acordo

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter