Domingo, 10 de Maio de 2009

Poema que nasce (2009)

O poema nasce, eu nada posso fazer

palavras simples, que o tempo urge

nada mais resta, tenho que escrever

em papel mais este poema que surge

 

A caneta dá um corpo à minha poesia

que brota de uma fonte inesgotável

bela forma de começar um novo dia

haverá outro modo mais agradável?

 

Desperto com a mente em turbilhão

começo a ortografar logo em jejum

assim me é ordenado pela inspiração

 

As palavras esbarram nas suas rimas

obstáculos, nunca vislumbro nenhum

além ficam os epítetos "obras primas"

 

tags:
publicado por manu às 10:39
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Breizh da viken a 10 de Maio de 2009 às 16:58
Desisto...

Ok....Comento este e ficam todos comentados os que vierem hoje....

Está fantástico! ou devo dizer: estão fantásticos!
Não existem neurónios que resistam! e eu sou morena!


bjs

Breizh
De manu a 10 de Maio de 2009 às 18:08
Ai esse preconceito capilar... Beijos
De manu a 10 de Maio de 2009 às 22:42

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter