Terça-feira, 16 de Junho de 2009

Viagem (2009)

Início de viagem, nova caminhada

eis um novo ponto de partida

uma vida que se quer reflectida

começar do zero, começar do nada

mudança há muito requerida

experimento a vida invertida

farto de tanta tentativa falhada

 

Finalmente inicia-se a viagem

incerteza de um rumo certo

afastamento para lugar concreto

acto audaz, de pura coragem

ansiedade que de mim liberto

viajante incógnito, secreto

na vida faço nova abordagem

 

Não fujo da vida, apenas a enfrento

tento alcançar satisfação

dar um bom uso à razão

e aproveitar o momento

revendo a minha situação

reflectindo na minha condição

e exorcizando um pensamento

 

Na minha vida mando eu

estando certo ou errado

não sou produto de mercado

que na feira se vendeu

por um mísero trocado

com preço inflacionado

sem o gosto que prometeu

 

Sou um ser de carne e osso

humano até à profunda raiz

tento na vida ser feliz

mas ainda me dista um fosso

obstáculo de forte matriz

não o pedi nem nunca o quis

mas estive no fundo do poço

 

Tento o meu lugar ao sol

quero a minha vida melhorar

mesmo que só consiga andar

a passo lento de caracol

a vida quero aproveitar

e dela poder realizar

o que realizou Alves Redol

 

Agora que estou em liberdade

sou eu quem controla a vida

que já dava por perdida

no sufoco da grande cidade

quero voltar a viver

com a vida me comprometer

e deixar de sentir saudade

 

Este desejo é só meu

quero e vou ser egoísta

dar ares de grande artista

agnóstico, sem religião, ateu

sem crenças nem valores

nem tampouco fazer favores

como no passado aconteceu

 

Neste trajecto que não partilho

não quero saber de ninguém

desculpa estas palavras, mãe

hoje não sou teu filho

sou um homem renovado

corto aqui com o passado

e o resto é um empecilho

 

tags:
publicado por manu às 19:54
link do post | comentar | favorito
|
18 comentários:
De Triskel a 16 de Junho de 2009 às 20:52
Olá Manu,
Como é bom voltar a Ler-te...
Bem-vindo!!!



beijo
De manu a 16 de Junho de 2009 às 20:59
É muito bom estar de volta para junto dos amigos. Beijo
De manu a 16 de Junho de 2009 às 21:55
E tinha saudades das provocações
De manu a 16 de Junho de 2009 às 23:30
De Utopia das Palavras a 16 de Junho de 2009 às 21:15


A vida aprende-se vivendo
Enfrentando mesmo não querendo
Tudo o que ela nos dá
Se nos tira, paciência
É com essa sapiência
Que o Homem renovará!

Frutífera a viagem...bem vindo à tua casa...!

Beijo Maior
De manu a 16 de Junho de 2009 às 22:04
Olá Ausenda!

Importante a tua amizade
da qual sentia saudade
és uma amiga verdadeira
digo isto com sinceridade
entre nós há cumplicidade
é bom voltar companheira

Obrigado por estares aqui para me receber. Beijo grande.
De inoutyou a 16 de Junho de 2009 às 21:18

Amigo Emanuel,

Seja bem vindo, e que nesta nova viagem surjam os "oásis", as fontes para a vida

Grande abraço
Alex
De manu a 16 de Junho de 2009 às 22:07
Amigo Alex! Que este meu novo ciclo me continue a dar amizades como a sua. Obrigado pelas palavras. Um grande abraço.
De poetaporkedeusker a 17 de Junho de 2009 às 17:00
Amigo, eu já aprendi
A não cortar o passado...
Os momentos que eu vivi
Caminharão a meu lado...

A meu lado, mas distantes,
Pacificados, serenos.
Nas minhas horas errantes
São como sonhos amenos.

Não sou tão má como isso!
Aprendi a defender-me
E se ocorre algum "enguiço"
Procuro, depois, erguer-me...

Deixo um abraço apertado,
Do fundo do coração
E um encontro marcado
Consigo, aqui, meu irmão...

:) Abraço grande!
De manu a 17 de Junho de 2009 às 21:18
Olá poetisa!

Há momentos na vida
que devemos enfrentar
caindo, há que levantar
e encontrar uma saída

mas mesmo recuando
para melhor se poder ver
é o que se deve fazer
e ir assim analisando

foi assim que eu reagi
vi a vida de outro prisma
certifiquei-me de uma cisma
e fui à luta, combati

agora neste meu regresso
com a mente desanuviada
venha daí a desgarrada
mas com calma, eu lhe peço

Já tinha saudades destes nossos diálogos poetizados. Um abraço.
De poetaporkedeusker a 18 de Junho de 2009 às 16:18
:) Também eu já tinha saudades, Manu! Mas terá de ser com muita calma mesmo! Ainda estou combalida e dependente do acesso à net através do CJO ou do Centro Paroquial. Já recomecei a "afinar" a batida dos sonetos, mas ainda não sou a mesma em prosa e rima livre. Estive algum tempo sem conseguir, sequer, escrever...
Abraço grande!
De manu a 18 de Junho de 2009 às 21:06
Olá poetisa! Foi só uma forma de manifestar o que mais saudades me deu. Cada coisa a seu tempo. Um abraço.
De rosafogo a 17 de Junho de 2009 às 20:40
Será só sexto sentido?
Ou de tanto ter querido?!
Encontrá-lo por aqui!?

Mesmo sem ter sabido
E ninguém me vir dizer!
Nem sequer algures ter lido!

Apareço por aparecer
É de tanto lhe querer!

É linda a amizade
E era tanta a saudade!?

Coincidência ou não!
Aqui estou para o saudar de alma e coração.

Um abraço e bom regresso
Natalia
De manu a 17 de Junho de 2009 às 21:30
Olá Rosafogo !

Seja sexto sentido ou premonição
aqui estou com a minha poesia
feliz, contente, cheio de alegria
por tão terna e calorosa recepção

destes diálogos já tinha saudade
e dos poetas nem vou falar
é muito bom poder regressar
e desfrutar da sua amizade

Já o fiz noutro comentário mas nunca é demais voltar a fazê-lo; obrigado pelas suas palavras, sempre carinhosas. Um abraço.
De Mírtilo MR a 18 de Junho de 2009 às 23:00
Ó Manu, essa viagem
foi deveras misteriosa,
pareceu aventurosa
e empreendida com coragem.

Vem com nova vida, parece,
e de mal exorcizado,
ansioso de ser saudado
pelos amigos que não esquece.

Um abraço.
Mírtilo
De manu a 18 de Junho de 2009 às 23:10
Amigo Mírtilo !

Foi uma viagem de reflexão
um género de retiro da alma
encontrei a almejada solução
para levar uma vida mais calma

Os amigos poetas não esqueci
nem nunca os poderia esquecer
é por eles que agora reapareci
é com eles que quero conviver

Um forte abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter