Quinta-feira, 13 de Agosto de 2009

Solidão IV (2009)

Enleado pelos braços da solidão

sinto toda a frieza do seu abraço

nós entrelaçados que não desfaço

e que me dificultam a respiração

 

Neste aperto que é mais sufoco

todo o meu ser está aprisionado

estas amarras deixam-me marcado

tentar libertar-me vale de pouco

 

Preso por inquebrável corrente

tenho a solidão deste cativeiro

mesmo rodeado p'lo mundo inteiro

sinto-me afastado de toda a gente

 

Sozinho neste canto, ao abandono

não encontro aquela que procuro

o breu desta opressão é bem escuro

e desisto, deixo-me levar p'lo sono

 

tags:
publicado por manu às 16:34
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De J.G. a 13 de Agosto de 2009 às 20:00
http://mmeloup.wordpress.com/


Visita, recantado espaço de poesia.
De manu a 13 de Agosto de 2009 às 21:18
Obrigado pela visita e pela dica. Abraço.
De Triskel a 13 de Agosto de 2009 às 22:09
Olá Emanuel,

Bonito poema... um pouco triste é verdade, mas lindo!

não te deixes vencer pela solidão
aquela que procuras
traz-te no coração!
Diz não às amarguras.

Beijo

De manu a 13 de Agosto de 2009 às 22:44
Olá Breizh!

Poema simples de verdade
apenas acesso de loucura
acho que é só necessidade
de expulsar esta amargura

Ena! A menina a fazer rimas...
beijo.
De Triskel a 14 de Agosto de 2009 às 22:57
De vez em quando lá calha...


beijo
De manu a 14 de Agosto de 2009 às 23:22
É bom variar de vez em quando. Beijo.
De rosafogo a 15 de Agosto de 2009 às 23:25
Também gostei muito! Lindo como todos os que já li.
A vida é feita também de momentos de solidão,
que às vezes até nos sabem bem.

Manu, bom fim de semana
abraço com muita amizade, espero que esteja tudo
bem com o amigo.
natália
De manu a 15 de Agosto de 2009 às 23:45
Olá Rosafogo! Apenas uma novidade... novo espaço http://amadordoverso.blogspot.com/ Mais uma forma de dar a conhecer a minha poesia. Bom fim de semana. Abraço grande.

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter