Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

Poemas perdidos (2009)

Quanta água passou desde o primeiro poema

quantas correntes de versos eu já fiz, dilema

perdi a conta ao que sempre me deixou feliz

quantas sílabas tónicas pus na minha poesia

quantas palavras usei para expressar alegria

quantas vezes me apelidei de simples aprendiz

 

Quanto tempo passou desde o primeiro verso

com quantas letras se expandiu este universo

onde andam os poemas que entretanto perdi

onde se foram esconder os meus cantos antigos

quantas quadras fugiram aos olhos dos amigos

onde está o primogénito poema que escrevi

 

Qual foi a primeira frase que pintei no caderno

terei escrito esse poema no rigor do Inverno

terei suado essas palavras no calor do Verão

por onde andam os meus verbos e substantivos

onde passeiam agora os predicados e adjectivos

se alguém souber, por favor, diga-me onde estão

 

tags:
publicado por manu às 17:00
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Triskel a 21 de Agosto de 2009 às 21:37
Olá Manu,

olha eu não sei, A amador do verso conheço-o há pouco tempo, mas que é um canto de boa poesia lá isso é. Sabes! o meu primeiro caderno de poesia, desapareceu-me à cerca de 1 ano ou 2... eram poemas sobre a estrela que tenho lá em cima no céu... tenho pena que tenha desaparecido, deve ter sido numa dessas limpezas grandes! enfim... Agora ao ler este teu poema recordei o meu primeiro e único caderno de poemas, porque a seguir veio o pc... recordei também os conteúdos dele... saudadeeeee

Beijo

Gostei de ler este teu poema e que continues com muitos e muitos mais cadernos de poesia! e já agora edita-os... não os guardes numa gaveta..olha as limpezas...Ahahaha!

De manu a 22 de Agosto de 2009 às 18:37
Olá Breizh! Ai se eu ainda tivesse tudo o que escrevi. Acho que não havia gavetas suficientes. Mesmo com muitos poemas perdidos, ainda tenho bastantes e a cada dia que passa eles aumentam. Agora com o pc (como dizes) é só acumular. Editar? Logo se vê, ando a pensar nisso mas vou dar tempo ao tempo. O que tiver de ser será. Beijos.
De Triskel a 22 de Agosto de 2009 às 18:43
O que tiver de ser, terá muita força, já dizia o outro...
Amadurece, mas olha não penses muito... as fãs andam loucas por um livro teu...ehehehhee.... eu da minha parte depois vou querer um autografado, pode ser?

Ui....

Beijo
De manu a 22 de Agosto de 2009 às 21:01
Combinado.

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter