Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009

Seres observados (2009)

Somos seres observados, dizia Ruy Belo

e eu aqui nas muralhas do meu castelo

não fujo ao olhar de quem me observa

e nesta jaula onde vegeto enclausurado

tudo o que digo ou faço é escrutinado

como animal guardado numa reserva

 

Os meus passos, estudados à exaustão

dizem quais os caminhos onde estão

todos os segredos que posso esconder

mas a realidade foge dos olhos alheios

não tenho sigilos, nem belos nem feios

nada escondo que me impeça de viver

 

As minhas frases sofrem forte vigilância

são escutadas com uma falsa elegância

que só os falsos sabem como estampar

a todos eles deixo este aviso de amigo

observem mas tentem aprender comigo

de outro modo é inútil assim observar

 

tags:
publicado por manu às 18:00
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Mírtilo MR a 27 de Agosto de 2009 às 23:01
Amigo Manu:

A vida, realmente, em termos absolutos, é uma prisão, em que temos liberdade apenas relativa, pois, como o Manu diz, somos vigiados e controlados, por preconceitos, conceitos, normas, leis, críticas, armas, justiças, punições, em última instância pelo temor a Deus e à justiça divina ... A vida é, como digo num poema meu, circo só com porta ao morrermos, onde representamos espíritos cegos, sem nada além do circo podermos ver.

A vida uma jaula é, forte,
onde cada um tem sua sorte
e donde só sai ao morrer,
mas alguém julga os actos seus,
o próprio, o homem, ou Deus,
sempre assim foi e há-de ser.

Um abraço.
Mírtilo
De manu a 28 de Agosto de 2009 às 23:01
Amigo Mírtilo!

Que cárcere este onde vivemos
todos regulam o que fazemos
como se fossemos robotizados
não sei dizer o que parecemos
sei que não somos como dizemos
com medo de sermos observados

E ainda não instalaram as câmaras de vigilância... Obrigado pelo seu comentário sempre esclarecido.
Forte abraço.
De Simbologia do aMoR a 31 de Agosto de 2009 às 00:05
Olá amigo
Passei para "observar-te" nas poesias.
Muito belas e parece que está com um modo diferente de escrever.
Gostei do que li.
Meu momento atualmente ainda é ausência dos blogs, mas, hoje resolvi fazer um passeio por alguns dos amigos linkados, e você foi um deles.
Parabéns pelas poesias.

De manu a 31 de Agosto de 2009 às 00:15
Olá! Faz tempo que não aparecia. Acho que o tempo tem feito bem à minha poesia. O tempo passa e eu vou ganhando outros conhecimentos lendo outros poetas. A vida é assim mesmo, constante evolução. Obrigado pela sua visita. Abraço.
De Simbologia do aMoR a 7 de Setembro de 2009 às 03:13
Olá, desculpe só agora responder.
Nem sempre venho na net como antes. Meu tempo está preenchido por muitos afazeres.
E quanto a minha poesia, vai indo uma e outra, mas não é lendo outros blogs e sim vivenciando experiências às quais tem me dado alguma inspiração.
Mas ler outros blog é sempre bom pois temos contatos com outros tipos de poesia.
Até outro dia.
De manu a 7 de Setembro de 2009 às 03:52
Olá! Vem sempre que quiser. Toda a força para você. Abraço

Comentar post

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários

.geocounter