Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

Aperto de mão (2009)

Andamos numa roda viva

num autêntico frenesim

não existe outra alternativa

esta vida é mesmo assim

 

Corremos desenfreadamente

sem termos um rumo certo

apenas reparamos na gente

quando não os temos perto

 

Então invade-nos a saudade

e atinge-nos a vil solidão

faz-nos falta a solidariedade

de um simples aperto de mão

tags:
publicado por manu às 01:31
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Domingo, 11 de Outubro de 2009

Trovadores (2009)

Há poetas trovadores

bafejados pela poesia

exímios como oradores

excelsos pela mestria

 

Palavras ganham vida

poemas captam a alma

haja a entoação requerida

e poesia lida com calma

 

Existem poetas assim

que recitam sinfonias

os poemas têm um fim

finalidade das poesias

 

Há poetas trovadores

nascidos com vocação

mil pensam ser oradores

apenas alguns o são

 

tags:
publicado por manu às 09:51
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Outubro de 2009

ESCREVER (1988)

Não é um dom o que tenho

é apenas uma necessidade

não é prestigio o que quero

muito menos ter notoriedade

 

Preciso escrever regularmente

em prosa, em verso, não interessa

apenas pôr tinta num papel

e escrever o que a inspiração me peça

 

Não tenho temas preferidos

também não me refreio por tabus

ponho por escrito o que quero

ainda não me arrependi do que pus

 

A minha forma de falar é escrever

mesmo não tendo medo de falar

assim falo tudo o que quero

e ninguém me pode mandar calar

 

É a minha voz impressa no papel

aquilo que depois se pode ler

só não ouve quem não quer

só não vê quem não quer ver

 

Escreva bem ou nem por isso

não me preocupo nem um pouco

pensem de mim o que quiserem

chamem-me génio, parvo ou louco

 

Aqui quem manda é a caneta

eu só transmito o que sinto

muitas são as minhas verdades

e poucas as vezes que minto

 

Não escrevo para mais ninguém

para além da minha pessoa

escreva mal ou escreva bem

para mim qualquer rima é boa

 

Uso verbos, substantivos e pronomes

todos merecem o uso que lhes dou

se algum dia deixar de escrever

deixo mesmo de ser quem sou

 

Faço rimas mas não sou poeta

escrevo mas não sou escritor

amo os livros porque sim

em tudo o que faço sou AMADOR

 

Este foi o primeiro poema que postei neste blogue dando início a algo que ultrapassou todas as minhas expectativas. O tempo passa a correr e faz hoje um ano que o amadordoverso nasceu. Foi um ano em cheio com 361 posts, mais de 2500 comentários em mais de 19000 visitas. A todos os amigos e amigas que por aqui passaram, comentaram e me deram força e motivação para continuar a escrever, muito obrigado. A minha paixão de tantos anos ganhou ainda mais intensidade e a minha escrita também evoluiu por culpa das vossas palavras.

sinto-me: aniversariante
tags:
publicado por manu às 18:29
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

Diogo Filipe (2009)

Tu, que andas constantemente aos saltos

tens o corpo cheio de hematomas e altos

um mal menor serão essas tuas feridas

vê se aprendes a ter muito mais cuidado

anda direito, em frente e nunca de lado

és um gato mas nunca terás duas vidas

 

Tu, que já demonstras ser um bom artista

tens a mania que és o maior pára-quedista

evita que o perigo surja na tua curta vida

tem cuidado em tudo aquilo que fazes

apenas em filmes, no ar voam os ases

a vida não tem dois pontos de partida

 

Tu, que pelas mãos da natureza já és belo

beleza única, somente tua, sem paralelo

obrigas-me a alertar desde já a navegação

pais de meninas escutem este meu aviso

prender as vossas éguas vai ser preciso

nosso potro está destinado a ser garanhão

 

Este poema é dedicado ao meu sobrinho Diogo que hoje celebra o seu 9º aniversário.

Parabéns Didi.

 

tags:
publicado por manu às 18:17
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 5 de Outubro de 2009

Saudade - 2 acrósticos (2009)

I

 

Sinto

Aquela

Urgência

Do

Abraço

Dado

Enternecidamente

 

II

 

Sentimento

Assim

Universal

Devia

Alimentar

Duas

Espécies

 

tags:
publicado por manu às 19:30
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 4 de Outubro de 2009

Potencial - 2 acrósticos (2009)

 

I

 

Passa

O

Tempo

Encurtando

Nossa

Capacidade

Inata

Algures

Libertada

 

II

 

Procuro

Outras

Temáticas

Enclausuradas

Na

Criatividade

Individual

Adquirida

Livremente

 

tags:
publicado por manu às 17:30
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds