Sexta-feira, 2 de Janeiro de 2009

Doença maldita (2002)

A cobra que se enrosca

em tua activa perna

vem pronta p'ra marosca

para a saudade eterna

 

tu definhas sofredor

perguntando porquê

embalado pela dor

que a droga não vê

 

quem de ti sempre cuida

vai perdendo a batalha

tem a sua alma bem ruída

como seu corpo de palha

 

mesmo assim não desiste

impedindo a subida da serpente

que de ti teima e insiste

em levar-te p'ra longe da gente

 

e há quem estando perto

não pense em fazer bem

e com manha de esperto

diz ser coisa de outro além

 

com macumbas e voudou

aproveita as fragilidades

e os medos que apenas tu

acreditas serem verdades

 

qual feitiço ou enguiço

nada disso é macumba

continua a crer nisso

em breve verás a tumba

 

sinto-me:
publicado por manu às 19:43
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub