Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009

Penitencio-me (2009)

É a terceira vez que isto me acontece

por culpa desta escrita desenfreada

e da minha memória bem treinada

que dos detalhes nunca se esquece

 

como escrevo rápido feito tornado

e a escrever eu quase enlouqueço

a maior parte das vezes esqueço

que o que aqui escrevo é publicado

 

por isso me venho agora penitenciar

se algum de vós se sente ofendido

que tenha isto que digo bem presente

 

quando for pessoal vocês vão notar

tudo o que digo é por mim sentido

e este poema vale para toda a gente

 

a quem se sentir minimamente atingido por algo dito (escrito) por mim, desde já endereço as minhas desculpas, não foi intencional.

 

sinto-me: em baixo
publicado por manu às 17:55
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De inoutyou a 14 de Janeiro de 2009 às 21:50

Ok Emanuel Amigo
Por mim está perdoado
mas se é grave o pecado
alguém lhe passe o "recibo"

Abraço
Alex
De manu a 14 de Janeiro de 2009 às 23:07
Amigo Alex!

O assunto está resolvido
só não estou bem comigo
tudo vai ser esquecido
obrigado pelo humor, amigo

Abraço.
De Velucia a 14 de Janeiro de 2009 às 23:08
Oi Manulo

Não pense que algum dia tenha me ofendido.
Não, não. Você não ofendendeu-me.

Abraço.
De manu a 14 de Janeiro de 2009 às 23:23
Olá Vera!

Por vezes na rapidez da minha escrita
posso escrever coisas que não devo
e do outro lado há alguém que se irrita
é seu dever perguntar como me atrevo

este poema é um desabafo de alma
é um aviso, serve-me de alerta
faz com que eu mantenha a calma
e ande com a mente mais desperta

o assunto está resolvido e enterrado
já esclareci o que havia a esclarecer
na hora própria e local apropriado

na altura fico calmo e relaxado
depois de tudo começar a arrefecer
é que começo a ficar desanimado

O meu estado de desanimo é apenas passageiro, teve um motivo, tudo está bem depois de esclarecido. Este poema é só uma forma de desabafo. Não se preocupe com isto, amiga Foi só mesmo um desabafo. Abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds