Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

Dor (2009)

Na certeza de um sentimento

construi o meu mundo

vivi em dor

vivi a amar

na certeza de uma paixão

refiz a vida

aprendi a viver em dor

continuei a amar

na certeza do sofrimento

resignei-me

aceitei viver em dor

sempre a amar

na certeza da derrota

renasci

suportei a dor

continuamente a amar

na certeza do impossível

vivi

ignorei a dor

eternamente a amar

na dúvida de um momento

paralisei

a dor voltou mais intensa que nunca

e eu a amar

dói mais a dúvida do talvez

do que a certeza do não

 

sinto-me:
publicado por manu às 11:16
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Utopia das Palavras a 20 de Janeiro de 2009 às 19:05
Eternamente dor
aquietada
ferida de amor
porventura curada
e a aflição
do silêncio
do sim ou senão
perpectua-se...!

Manu, vai à luta meu amigo! Eternamente assim... não!
Bonito poema!
Beijo
De manu a 20 de Janeiro de 2009 às 20:14
Olá Ausenda!

Eternamente a amar...
ausência não é esquecimento
amor... faz parte
paixão... faz parte
dor... é suplemento

Beijo.
De inoutyou a 20 de Janeiro de 2009 às 23:07

Amigo Emanuel,

Toda uma vida a amar
com um nó no coração
Será sim, será não??
O "talvez" continua no ar...

Grande abraço
ALex
De manu a 21 de Janeiro de 2009 às 09:51
Amigo Alex!

Cada qual com seu destino marcado
umas vezes amamos outras é sofrer
feliz de quem continua a ser amado
e sem dor no coração possa viver

Abraço.
De Maria João Brito de Sousa a 21 de Janeiro de 2009 às 00:49
Amigo Manu, não tenho ido aos seus outros blogs, mas vou tentar actualizar-me agora. Ainda estou muito
atrapalhada com o tempo que não tenho...
Abraço!
De manu a 21 de Janeiro de 2009 às 09:55
Olá poetisa! Dê prioridade às suas preocupações mais urgentes. O que escrevo pode esperar por si. Abraço.
De Velucia a 21 de Janeiro de 2009 às 02:00
Oi Manulo

Esta dor da dúvida do talvez...
é mil vezes pior que o não.
Compreendo bem esta dor!

Um abraço.
De manu a 21 de Janeiro de 2009 às 09:58
Olá Vera!

dor que em nós vive
e teima em nos doer
maior dor nunca tive
mas vou sobreviver

Abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds