Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

Desgarradas (2009)

Surge o mote para uma conversa

alguém dá uma resposta, opinião

que toda a blogosfera atravessa

e dá-se o início de uma discussão

 

palavras em verso são trocadas

quadras respondem a respostas

longas e simples as desgarradas

sequências de frases compostas

 

num ritual que não é novidade

vocábulos vêm e palavras vão

numa procissão de pensamentos

 

aproveita-se cada oportunidade

exercita-se a nossa inspiração

e desfruta-se de belos momentos

 

Este texto é dedicado a duas amigas que neste fim de Domingo me deram o prazer de umas desgarradas poéticas. Obrigado poetaporkedeusker e rosafogo pela vossa disponibilidade e boa disposição nesta brincadeira blogueira.

 

 

sinto-me: satisfeito
publicado por manu às 00:09
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Maria João Brito de Sousa a 16 de Fevereiro de 2009 às 00:26
Obrigada pelo que a mim me toca da dedicatória, Manu.
Gostei muitíssimo desta desgarrada e só tenho pena de ela ter sido interrompida com tanta frequência, porque os animais precdisavam de mim... incluindo um soneto que passou a voar e eu tive de o "agarrar" para o post de hoje.
Um grande abraço. :)
De manu a 16 de Fevereiro de 2009 às 17:32
Olá poetisa! Ontem ainda me vi atrapalhado com as desgarradas. A poetisa a picar em duas frentes e rosafogo a picar noutra, a coisa chegou a estar franética. Mas parece que não estávamos sós, entre as 19 e as 23.30 o amadordoverso teve quase 300 visitas. Abraço.
De Vera a 16 de Fevereiro de 2009 às 16:00
Olá

E eu adorei ver estas desgarradas.
De manu a 16 de Fevereiro de 2009 às 17:39
Olá Vera! Não me diga que assistiu em directo às desgarradas? Ontem entre as19 e as 23.30 este blog teve quase 300 visitas e este foi o periodo em que as desgarradas aconteceram. São sempre aliciantes estes momentos em que a nossa criativiade é posta à prova, e tanto a nossa amiga poetaporkedeusker como a minha mais recente amiga rosafogo fizeram-me ir ao limite da inspiração. E tudo aconteceu espontaneamente sem aviso prévio. Abraço.
De Vera a 16 de Fevereiro de 2009 às 23:18
Não estive presente no momento das desgarradas
Mas tive o prazer de ler todas e adorei.
As vezes muito raramente a inspiração toca-me, mas é muito raro fazer desgarradas, mas já aconteceu.

Continuem, acho ótimo isto.

Abraço.
De manu a 17 de Fevereiro de 2009 às 17:27
Olá Vera! Mais tarde ou mais cedo elas voltaram a aparecer. Abraço.
De rosafogo a 16 de Fevereiro de 2009 às 18:05
Na vida nada é por acaso!
O que fazemos é com amor e dedicação
Escuta! Não quero com isto dar aso
a mais uma desgarrada... senão!?

Mas envio-te um ramo bem vivo
De especiais margaridas
Ficou meu coração cativo!
P'las tuas palavras amigas.

Foi um bom serão, ainda bem que as suas visitas
também gostaram, é bom saber.


De manu a 16 de Fevereiro de 2009 às 18:21
Olá Rosafogo! Muito obrigado pelo serão que me proporcionou. O mais curioso das desgarradas de ontem é que eu estava em diálogo poético simultaneamente com a primeira amiga que conheci na blogosfera e com a mais recente. Prepare-se, pois mais surgirão no futuro. Quando? Ninguém sabe. Elas surgem sem aviso. Um forte abraço.
De Utopia das Palavras a 16 de Fevereiro de 2009 às 18:31
Desgarrar é cumplicidade
Desafio muito excitante
Da boa disposição e vontade
Faz-se uma conversa interessante!

Gostei de os ler...!

beijos
De manu a 16 de Fevereiro de 2009 às 18:35
Olá Ausenda!

Não é a primeira desgarrada
nem a última esta há-de ser
foi uma noite bem passada
e que me deu muito que fazer

Parece que ontem houve muita gente a assistir às desgarradas em directo. Nunca vi o contador tão activo como ontem. Beijos
De Breizh da Viken a 17 de Fevereiro de 2009 às 00:06
Olá amigo,
É sempre bom ver e ler desgarradas...
Faz-nos sentir contentes...são desafios!!!!

beijo

breizh
De manu a 17 de Fevereiro de 2009 às 17:29
Olá Breizh! E estas desgarradas de Domingo foram um grande desafio para mim. E ontem tive um trabalho extra ao colocar todas as quadras que fiz nas respectivas pastas. Este meu hábito de guardar tudo o que escrevo... Beijos

Comentar post

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub