Domingo, 22 de Fevereiro de 2009

Poesia bendita (2009)

Pelo poeta que não sou, mas quero ser

escrevo estes versos, tento-me animar

quero debaixo destas quadras me abrigar

de todo o mal que me pode acontecer

 

por de poeta ser simplesmente aprendiz

ainda ter um longo caminho pela frente

nunca me poder assemelhar a essa gente

nem me empolgar com o que a gente diz

 

coloco os pés bem assentes neste chão

dou apenas e só os passos mais seguros

pelo amor à poesia, esta grande paixão

 

pedaços de mim reflectidos na escrita

consolo nestes momentos mais duros

a ti te agradeço deusa, poesia bendita

 

tags:
publicado por manu às 08:19
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De Vera a 22 de Fevereiro de 2009 às 15:05
OI Manulo

Pois já é um poeta nesta ocasião
Porque ama poesia e escreve bem
Dá tudo de si, toda inspiração
E do coração dá tudo que tem.

Abraço.
De manu a 22 de Fevereiro de 2009 às 15:17
Olá Vera!

A esta poetisa que sempre aparece
e diz tudo o que tem para dizer
pergunta este que não se esquece
para quando o despertardoser?

Abraço.
De Vera a 23 de Fevereiro de 2009 às 04:33
Olá Manulo

Já não sei que nome dou!
Para o meu novo espaço
Pois o despertardoser,
Despertou o meu viver!
Mas este nome que dizes
Alguém já criticou!
Agora já não sei
Qual nome vou dar,
Só sei e lhe digo,
Escrever não vou párar!
E agora o que faço?
Se acharam o nome "piroso"
Talvez crio no novo espaço
Meu real nome glorioso.
E Vera é meu nome
E dele não desfaço
Gosto dele, me agrada
Não importa a idade
Ele é real e vêm da Verdade!
De manu a 23 de Fevereiro de 2009 às 21:00
Olá Vera!

Desconhecia essa sua faceta
dar importância a outras opiniões
faça uso da escrita com a caneta
e arranje suas próprias soluções

o seu nome significa verdade
sobre ele pesquise um pouco
pode encontrar uma novidade
talvez surja um nick bem louco

Abraço
De Vera a 24 de Fevereiro de 2009 às 22:18
Olá Manulo

A pesquisa de meu nome já fiz
Por isso sei que vem da verdade
Pois na Itália diziam: "Di Vero"?
Tinha o significado masculino
Após tornou-se feminino "Di Vera"
Para perguntar se era verdade.
De manu a 24 de Fevereiro de 2009 às 22:58
Olá Vera! Ora aí está um bom nome para o seu novo espaço "Di Vera". Fica com duplo sentido. Di Vera - de verdade Di Vera - da Vera. Acho que devia ponderar esta possibilidade. O meu amadordoverso também tem duplo sentido. amador(ama)doverso
amador(não profissional)doverso. Abraço.
De Utopia das Palavras a 22 de Fevereiro de 2009 às 20:12
Pedaços de alma eu vi
Em cada linha escrita
Fogueira que arde em ti
É tua, por isso bendita!

Manu, és uma torrente de água... que não pára!

Beijos
De manu a 22 de Fevereiro de 2009 às 20:40
Olá Ausenda!

Ao entregar-me ao que faço
surge a criação, logo edifico
e te confesso sem embaraço
na minha poesia me liquidifico

Beijos
De rosafogo a 22 de Fevereiro de 2009 às 20:55
Chego atrasada, mas não cansada
Para aqui deixar a minha opinião
Este poema tráz soluços duma alma perfumada
Que a qualquer um enche o coração.

Um abraço
De manu a 22 de Fevereiro de 2009 às 21:00
Olá Rosafogo!

Nunca na vida tive um amor assim
só na poesia me realizo, engrandeço
a escrever dou o máximo de mim
e os constantes elogios agradeço

Abraço.
De gothicum a 23 de Fevereiro de 2009 às 09:24
...todos nós somos poetas da vida...uns escrevem outros não! No teu caso escreves e escreves bem, vá lá sê feliz...e escreve. Abraços sinceros.
De manu a 23 de Fevereiro de 2009 às 20:47
Amigo Filipe! Os melhores elogios que se podem receber provêm dos poetas. Abraços.
De Breizh da Viken a 23 de Fevereiro de 2009 às 16:03
És poeta sim senhor....muitos que se cuidem!
Deixa lá os media descobrirem-te que logo vês!

Ama a poesia ...transborda o que há em ti


Bj

Breizh
De manu a 23 de Fevereiro de 2009 às 20:50
Olá Breizh!

Se os media me descobrem
ainda me jogo de uma janela
já tenho problemas que sobrem
e não quero entrar numa novela

Beijos

Comentar post

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub