Domingo, 19 de Julho de 2009

Pintarroxo (2009)

Estando eu um pouco aborrecido

e precisando de alguma alegria

pensei em garatujar esta poesia

que nunca fará nenhum sentido

quero fazer algo fora do normal

não! Não é uma crise existencial

nem tampouco é algo parecido

 

São apenas palavras amontoadas

para me libertar desta pasmaceira

apenas exortações na brincadeira

palavras vãs a serem exploradas

um escrevinhador sem destaque

a sofrer um incongruente ataque

e a escrever sobre pequenos nadas

 

Podia ficar quieto neste meu canto

amordaçar a boca ou ficar calado

esperar o momento mais adequado

e apenas escrever sobre um pranto

mas todos já sabem como eu sou

e outra alternativa não me restou

estou muito longe de ser um santo

 

Mas não me considerem um frouxo

por escrever este poema sem nexo

que não é mais que um acto reflexo

não vou parar nem sequer afrouxo

até vou mais longe, escrevo coruja

e antes que a nocturna ave me fuja

vou chamar este poema, Pintarroxo

 

tags:
publicado por manu às 09:53
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De Triskel a 19 de Julho de 2009 às 17:24
Ai pintarroxo que mesmo triste cantas tão bem!

ahahahah
está fabuloso!

Beijo poético

Breizh
De manu a 19 de Julho de 2009 às 20:08
Olá Triskel! Apenas uma brincadeira com as palavras. Beijos
De Utopia das Palavras a 19 de Julho de 2009 às 21:04
Não é justo, por isso reclamo
Aqui mesmo faço a queixa
Embora o poema eu aclamo
O pintarroxo, era a minha deixa!

Manu...fica aqui oficialmente registada esta tua "ultrapassagem"!

Beijo Maior

Breizh,
Na impossibilidade de poder comentar no teu blog, pois os comentários estão reservados aos amigos registados nele, deixo-te aqui o meu comentário:

A poesia que dá o nome ao teu livro é linda, repleta de força, um poema de muita esperança no amor.
Gostei...tanto!
Desejo que todos os raios da manhã te façam alvorecer poeta...sempre!

Muitos sucesso$$ (como escreve uma amiga minha)

Um beijo
De manu a 19 de Julho de 2009 às 21:29
Olá Ausenda!

Uhuhu, faz o velho Mocho
mas que grande chiadeira
prefiro o novo Pintarroxo
é danado p'rá brincadeira

Amiga, não resisti à provocação!!!Sabes, ao te perguntar quando utilizarias um Pintarroxo na tua poesia, eu apenas quis dizer o quão fértil és na utilização das figuras de estilo. Quem lê o que escreves sabe bem o que quero dizer. Tu dás vida aos teus poemas com esse teu jeito sublime. E esta opinião não é só minha. Beijo Grande.
De Triskel a 19 de Julho de 2009 às 22:11
Olá Utopia das Palavras,

Ah pois, tratarei já de resolver o assunto!
No entanto agradeço-te o esforço que fizeste por deixares o comentário...
Muito obrigada$$

Beijo poético

Manu, Só tu!

beijão
De manu a 19 de Julho de 2009 às 22:23
Continuo a pensar, como é possível que vocês as duas ainda não se tinham cruzado antes? Beijos a ambas
De Utopia das Palavras a 19 de Julho de 2009 às 22:59
Breizh,
Obrigada! Assim já lá posso ir sem ser barrada!

Manu

Cruzado, cruzado não, mas conheço o blog da Breizh, costumo ler o que escreve, nunca me senti muito à vontade para comentar, assim como tu não comentas no Tempo Agreste, percebes? É algo tão intimista que nos deixa um pouco tímidos em interferir!
Mas agora sinto-o menos, porque já trocamos alguns palavras...é diferente!

Beijos aos dois
De Triskel a 19 de Julho de 2009 às 23:06
Sempre que quiseres!

Beijos

Eu perdi a vergonha! e comentei o teu


Breizh
De manu a 19 de Julho de 2009 às 23:21
Ó dona Triskel, Já aceitei o seu desafio. Venha daí esses versos. Beijo
De Triskel a 20 de Julho de 2009 às 00:17
Olá Pintassilgo..
Deixa-me inspirar!!!!
De Triskel a 20 de Julho de 2009 às 00:18
Desculpa...Pintarroxo!
De manu a 19 de Julho de 2009 às 23:20
Compreendo perfeitamente o que queres dizer, amiga. Beijo Grande
De rosafogo a 20 de Julho de 2009 às 01:14
Por este final não esperava
Fui lendo, lendo sem parar
E eis quando por mim voava
Um pintarroxo a chilrear.

Pensei, isto eu já li!
Em qualquer outro lugar
Foi na Utopia, eu vi
Agora, nem queria acreditar!

Dois amigos à disputa
Dum passrinho, coitado!?
Isto é que vai ser uma luta!
Ainda bem, que estou deste lado.

Um beijinho, achei lindo
natalia
De manu a 20 de Julho de 2009 às 20:46
Olá Rosafogo!

A poesia é um elo de ligação
e a Ausenda uma companheira
o Pintarroxo foi provocação
e surgiu o poema na brincadeira

porque a poesia é muito vasta
e nem só de tristeza se fala
aqui há alegria que contrasta
e uma amizade que embala

Abraço grande

Comentar post

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub