Sábado, 15 de Agosto de 2009

O meu espaço (2009)

Caminho a passos seguros

tranquilo e sereno.

Caminho pelo meu pé

sozinho e audaz.

Procuro o meu porto de abrigo

um lugar que é meu

já reservado

intransmissível

só eu o posso ocupar.

Sei da existência desse lugar

embora desconheça a localização.

Sei desse paraíso pessoal

sinto-o meu

Sei de um lugar onde reina a paz

a celeste paz

que me está destinada

que fiz por merecer.

Sei de um lugar que é meu

que me está destinado desde o início

desde o começo da vida.

Mas temo...

Temo que nesse lugar divino

o espaço seja exíguo

e apenas eu, aí possa morar.

Quero esse lugar

mas não, estando sozinho

vivendo em solidão.

Quero esse lugar partilhável

tal como quero partilhar

a vida.

 

tags:
publicado por manu às 19:30
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De M.Luísa Adães a 16 de Agosto de 2009 às 11:40
manu

Belo o local que encontraste
para teu deleite
e teu conforto,

leva contigo :

o Amor que transforma,

A Alegria que vence,

A Harmonia que une,

E a simplicidade
de quem encontrares,
para partilhares.

E pensa,
tal como escreves.
na distãncia dos Mundos

E na proximidade do encontro,
Esperado há milénios...

Lindo o teu poema,
Belos os teus sonhos...
E sejam reais,
assim o desejo!

Beijos,

Maria luísa
De manu a 16 de Agosto de 2009 às 12:36
Olá Maria Luisa!

Reconfortantes palavras aqui deixadas
que solidificam a minha força e vontade
secas que estão as lágrimas derramadas
alegro-me pelos teus gestos de amizade

Na beleza deste comentário, pelos desejos expressos, pela esperança incutida, eu ganho ainda mais força e motivação. É delicioso sentir carinho e afecto, mais ainda, quando nem sequer estamos à espera. Obigado.
Beijo muito grande.
De M.Luísa Adães a 16 de Agosto de 2009 às 15:31
manu

E em especial quando nada esperamos!

Escrevo o que sinto no momento, por influência do
que me escrevem.
No que me dizem, eu tento responder como merecem.
Se o merecimento é mau, eu não respondo!

Mas neste caso:

o poema é lindo,
incomum
e me agrada!

Não podia responder doutra forma!

Com ternura,

Maria luísa

De manu a 16 de Agosto de 2009 às 18:44
Maria Luisa! Aqueles que vão acompanhando o que escrevo (bem ou mal, a cada um a sua opinião) sabem que, também eu, sou espontaneidade, momento. Não sei ser de outra forma. Assim sendo, mais me agrada e motiva as palavras que recebo. Beijo muito grande.
De M.Luísa Adães a 16 de Agosto de 2009 às 20:40
Manu

Obrigada pela amizade!

beijos,

Maria luísa
De manu a 16 de Agosto de 2009 às 21:55
Maria Luisa! As amizades não se agradecem, desfrutam-se.
Beijo Grande

Comentar post

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Licença poética - convite

. Vida (inédito)

. Incansável

. Parei o tempo

. Ad aeternum

. Convite a todos os que qu...

. Diz-me (2010)

. És aquela que mais amo - ...

. 2 ANOS

. Sê apenas criança (2010)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

38 comentários
36 comentários
32 comentários
28 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários
21 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub