Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

Dia de chuva (2009)

Cai a chuva lá fora, salpicos pelo vento soprados

um ser que se abeira da janela

sem expressão

olhar vazio, recordações, Invernos lembrados

triste melancolia

triste pela saudade do Verão

mas não é o Inverno que o apoquenta, está só

neste mundo recheado de gente, sente solidão

está miserável

sente-se bem miserável, dá dó

o seu rosto triste é reflexo de dura sofreguidão

acende um cigarro e pensa no passado que teve

na vida que teve e soube viver

será que a soube viver?

mas agora está só

pela janela vê quem passa na rua, mesmo a chover

vê um casal de namorados

e lembra-se dos seus amores passados

das tristezas

mas sobretudo das alegrias do amor

vê uma mãe com uma criança pela mão

e recorda a mulher que não teve

os filhos que quis ter e não teve

a família que idealizou e nunca terá

sente-se à beira das lágrimas mas não chora

porquê chorar o que não se teve?

 

 

sinto-me:
publicado por manu às 11:29
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Dia de chuva (2009)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

13 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds