Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008

De ti (2008)

No teu olhar cândido, sereno

eu me perdi e me encontrei

juro por tudo que já não sei

o que é grande ou pequeno

 

No teu sorriso contagiante

eu logo fiquei preso, cativo

e não encontro um motivo

p'ró que é fútil ou importante

 

Dos teus lábios aducicados

saem mil beijos, rebuçados

que são como mel nos meus

 

Do teu belo corpo de pecado

sai uma ordem, um recado

é a mais pura das leis de Deus 

 

sinto-me: bem
publicado por manu às 22:17
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim

.contador

Counter Stats
gold coast link
gold coast link Couter

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. De ti (2008)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

4 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds