Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008

Quem me vê! (2008)

Quem na rua passa por mim

não imagina esta minha paixão

não me vê com uma caneta na mão

nem a escrever palavras assim

 

Quem nos transportes me vê

não pensa que gosto de poesia

muito menos, que escrevo todo o dia

e há alguém que me lê

 

Escrevo versos com prazer

e com eles me satisfaço

é uma paixão já antiga

 

Sonetos, começo a escrever

até gosto dos que faço

por influência de uma amiga

 

 

sinto-me: poeta
publicado por manu às 20:58
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Quem me vê! (2008)

.arquivos

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.pesquisar

 

.links

.mais comentados

6 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub